Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!

Como foco na educação profissional rural, promoção social e assistência técnica e gerencial, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás), trouxe para a Tecnoshow Comigo 2018 -, consolidada como uma das principais feiras do Centro-Oeste e do Brasil, demonstração sobre o curso de ‘Apicultura’, ministrado pelo instrutor Luciano Gois. Segundo ele, o objetivo é sensibilizar o público sobre a criação de abelhas, para a produção de mel e derivados ou para serviços de polinização. “Queremos mostrar ao público que a apicultura é um bom negócio, já que ela permite conciliar com outro tipo de produção”, elucidou o instrutor.

Como prova disso, Luciano conta que a apicultura demanda um tempo muito menor de produção. Ele explica que a profissão é rentável e de investimento baixo. Além disso, a renda para esta produção é muito maior, tendo em vista que um litro de mel é vendido por R$ 40, dentro do estado de Goiás. “O apicultor só cuida das abelhas uma vez por semana ou de 15 em 15 dias. Quando as abelhas são colocadas na caixa, que hoje custa em torno de R$ 180, elas poderão ser criadas. Isso renderá de 20 a 40 quilos de mel. Portanto, somente com a produção mínima, o produtor é capaz de ganhar R$ 800 de renda em apenas uma colmeia de abelha”, diz entusiasmado.

As demonstrações serão realizadas todos os dias, até o final da feira. Os interessados em conhecer mais sobre a profissão, bastam visitar o estande da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Senar, Sindicato Rural (SR) de Rio Verde e do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Goiás (Sebrae Goiás), para se inscreverem nos cursos.

Fonte / Foto: Assessoria de Comunicação do Sistema Faeg Senar
Jornalismo Portal Panorama

Foto: Divulgação
Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!
Novo Mundo AQ728x90

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here