Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!

Colunista: Jackelyne Dutra – CRMV-GO 05767

Muitos cães e gatos, possuem uma mancha amarronzada abaixo dos olhos, chamada popularmente de lágrima ácida. Mais fácil de ser observada em animais de pelagem clara.

Ao contrário do que dizem, a lágrima não é ácida, tem pH neutro adequado para sua localização ocular. As lágrimas são incolores, mas possuem substâncias chamadas porfirinas que em contato com a pele e pelos se tornam escuros, causando as manchas amarronzadas.

As lágrimas são responsáveis pela lubrificação ocular, o seu excesso é drenado através do canal lacrimal e se por ventura essa drenagem não for suficiente, elas acabam escorrendo para o rosto do animal, o pelo úmido facilita a proliferação de bactérias, capazes de produzir secreção de coloração marrom.

A região abaixo dos olhos fica úmida e muitas vezes com uma coloração avermelhada, parecendo ferrugem – esta mancha escura abaixo dos olhos, se chama cromodacriorreia, e é um problema estético.

Epífora é o lacrimejamento excessivo dos olhos. A Epífora é considerada um problema médico porque pode causar coceira e a proliferação bacteriana na região da face, devido a constante umidade e, com isso, trazer consequências graves para a saúde da pele e dos olhos, além de possuir um odor característico.

O diagnóstico e tratamento devem ser realizados no atendimento veterinário.

Outra causa comum é o lacrimejamento excessivo. Isto pode ocorrer por diversos motivos, como alergias ou qualquer irritação nos olhos (conjuntivite, pelos em contato direto com os olhos, glaucoma, uveíte e qualquer afecção ocular). Se a causa for algum problema oftálmico, ele precisa ser tratado para diminuir a irritação e excesso de lacrimejamento (existem testes simples para medir a quantidade de lágrimas produzidas).

Se o animal apresentar uma obstrução no canal lacrimal, é necessário realizar um procedimento para desobstruí-lo (através de uma “mini” sonda). Pode ser necessário consultar um veterinário com experiência em oftalmologia.

Algumas raças são mais predispostas como o poodle, shihtzu, maltês, bichon frise, spitz Alemão, pug e gatos persas.

O tratamento consiste em eliminar a causa do lacrimejamento excessivo ou do desvio da drenagem da lágrima. Para a maioria dos casos existe correção cirúrgica definitiva. Em outros casos, ou quando se opta por não realizar a cirurgia, existem algumas dicas de manutenção:

  • evitar lavar diariamente a região;
  • manter a região bem seca com gaze, paninho limpo ou lenço de papel;
  • massagear o canto dos olhos diariamente para evitar entupimento na ponta lacrimal;
  • aplicar pó de maisena na região abaixo dos olhos para conter a umidade e
  • manter o pelo dessa região bem aparado.

Se, com todos esses cuidados, ainda assim você notar a região abaixo dos olhos úmida, mesmo sem a mancha marrom, procure um Médico veterinário para identificar a causa de base.

Foto: Divulgação

Colunista: Jackelyne Dutra – CRMV-GO 05767
Jornalismo Portal Panorama
Foto Capa: Vânia Santana

Aviso importante:
O conteúdo exibido nesta seção (COLUNA), apresenta caráter meramente informativo. O Portal PaNoRaMa não se responsabiliza pelo conteúdo dos colunistas que assinam cada texto, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal PaNoRaMa se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins.

Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!
Novo Mundo AQ728x90

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here