Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!

No dia 16 de janeiro, a Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho, fechou com preços altos. O ganho foi bom, mas o cereal perdeu força passando a operar entre territórios positivos e negativos em meio ao fraco desempenho das inspeções de exportações do milho nos Estados Unidos.

Essas inspeções chegaram a 584,3 mil toneladas na semana, conforme o relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), sendo que na semana anterior os embarques haviam atingido 850,2 mil toneladas. Em comparação ao ano de 2017, esse número chegou a 910,8 mil toneladas.

Já no Brasil, o mercado do cereal teve preços pouco alterados. O volume reportado foi discreto e a colheita segue em andamento por todo território brasileiro. Visto que a logística tende a se voltar para o escoamento da soja, os negócios do milho acabam dificultados no mercado disponível.

Flávia Menezes
Foto: Leonardo Rodrigues
Jornalismo Portal Panorama

Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!
Novo Mundo AQ728x90

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here