Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!

A febre amarela tem sido pano de fundo de inúmeras notícias vinculadas à saúde, desde do final de 2017, e entrou o ano de 2018 fazendo vítimas fatais e promovendo medo nas pessoas, em especial nos estados brasileiros onde há uma grande densidade populacional, sendo eles: São Paulo e Minas Gerais.

Para os que desconhecem, a febre amarela é uma doença grave, gerada por um vírus e transmitida por mosquitos vetores, como o já tão conhecido aedes aegypti (mosquito que transmite a dengue).

Os primeiros sintomas que se manifestam da doença são: febre alta, calafrios, dor-de-cabeça, dor muscular, vômitos, náuseas e cansaço. Conforme a doença avança, podem ocorrer insuficiência renal e hepática (disfunção associada ao fígado) e hemorragias, o que induz a vítima a óbito em 7 dias.

Em Goiás, ainda não temos casos de febre amarela registrados até agora, o que não significa motivo de despreocupação, pois a doença pode se alastrar rapidamente.

Para maiores esclarecimentos, vá a um Posto de Saúde mais próximo, de preferência munido de sua carteira de vacinação, e esteja atento aos sintomas da febre amarela caso os mesmos apareçam.

Caren Cris Oliveira Tenório
Jornalismo Portal Panorama

Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!
Novo Mundo AQ728x90

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here