Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!

Apesar de a expectativa para 2018 ser de crescimento econômico, o mercado da carne bovina iniciou o ano na contramão das previsões.

Na primeira quinzena de janeiro a desvalorização média já atinge 2,0%, devido à influência dos cortes de traseiro, que estão 2,9% mais baratos no frigorífico. Com a renda do consumidor comprometida no inicio de ano, o consumo é escasso, ocasionando a queda nos preços.

As cotações de 2017, no mesmo período, foram 0,5% maiores do que as atuais.

Para as indústrias, por outro lado, o cenário é positivo. A queda na demanda resulta em menor busca por matéria-prima, o que, consequentemente, derruba o preço do produto, o que aconteceu com o preço da arroba nestas semanas.

A perspectiva para 2018, com a prevista recuperação econômica, é de que seja cada vez menos frequente a ocorrência de preços menores do que os registrados no ano passado, que foi tão comum em 2017.

Tainá Simões Ruffing
Foto: Rosana de Carvalho
Jornalismo Portal Panorama

Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!
Novo Mundo AQ728x90

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here