Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!

As axilas escuras podem afetar a autoestima e a segurança de diversos homens e mulheres. Muitos, se sentem desconfortáveis em usar peças cavadas, com receio de que a tonalidade escura presente nessa região fique a mostra. Mas saiba que existem algumas medidas que podem ser tomadas para evitar ou eliminar este problema tão comum e desagradável.

A equipe do Portal Panorama, entrou em contato com a dermatologista Dra. Cristiane Assis, para que possamos esclarecer a vocês, leitores, as dúvidas mais comuns a respeito desse assunto. Segundo a dermatologista, o que ocasiona o escurecimento axilar geralmente está relacionado a uma associação de múltiplos fatores, em que, o principal deles é a genética. Homens e mulheres que possuem uma maior quantidade de melanina, estão mais suscetíveis a desencadear o surgimento de uma pigmentação mais escura nessa região.

Os fatores que desencadeiam o escurecimento nas axilas, estão relacionados a tudo aquilo que provoque irritação ou lesão nessa região, pois, em resposta a qualquer tipo de agressão, a pele responderá através do aumento de depósito na produção de melanina no local. Entre estes fatores, podemos citar: o uso frequente de gilette para depilação, de desodorantes ou antitranspirantes que contém álcool em sua formulação, além do uso de roupas muito justas. Para mais, a obesidade pode provocar o escurecimento axilar devido ao atrito excessivo de uma pele a outra, bem como os distúrbios hormonais e a transpiração excessiva.

Para evitar ou reduzir o problema, é muito importante se afastar de todos os fatores desencadeantes já mencionados acima. Além disso, aqueles que possuem pele morena, devem adquirir cuidados redobrados, devido disporem a uma maior tendência em estimular o escurecimento nas axilas. A dermatologista ainda fez uma alerta a receitas caseiras com o objetivo de promover o clareamento da pele, principalmente aquelas que se utiliza o limão. Segundo a doutora, essas receitas que são bastante comuns em nosso meio, podem agravar ainda mais a situação.

Existem tratamentos com a finalidade de clarear a região axilar, como peelings e cremes à base de ácido. Entretanto, conforme as informações obtidas pela profissional, os recursos existentes para promover o clareamento gradativo devem ser utilizados com cautela, devido a pele das axilas ter uma maior sensibilidade.

Ana Paula Vilela Moraes
Jornalismo Portal Panorama

Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!
Novo Mundo AQ728x90

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here