Saúde e Bem Estar

A frustração e a dificuldade em ouvir não

Foto: Vânia Santana / PaNoRaMa
Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!

A frustração é um dos sentimentos mais difíceis de lidar. Entender que algo não saiu como o planejado significa ter a consciência de que esforçar-se, simplesmente, não traz reação satisfatória.

Contudo, o ser humano não é acostumado a não possuir o que deseja: somos criados acreditando que tudo pode-se alcançar mediante o agir esforçado. Isso, aliado à crença de já estarmos preparados, cria seres humanos incapazes de lidar com a falta. Por isso, somos tão ligados ao sim. “Sim, nós podemos” é uma máxima que exemplifica essa realidade que se vivencia. Só desejar muito e trabalhar duro. E não somos preparados, com o mesmo afinco para recebermos o não. Lidar com o “não” significa compreender a falta. Compreender que, por mais que se queira ou trabalhe duro para tal, há a possibilidade de não ser alcançado o objetivo almejado. Se assim compreendemos, entendemos a frustração.

É difícil, todavia, pois culturalmente se ensina, desde cedo, esconder quaisquer ideias de fracassos e apresentar, exclusivamente, os “bons” resultados. De tal forma, fica arraigado que sentir-se incapacitado para uma função é algo errado e que nós devamos conseguir. Porém, nem tudo depende de apenas uma pessoa. Às vezes, é necessário todo um contexto para que um acontecimento seja favorável ou desfavorável.

É preciso que se perceba quais expectativas foram criadas, quais comportamentos ocorrem após não ter essas expectativas realizadas e trabalhar as sensações pós-frustração. Saber viver com isso e desenvolver resiliência é o passo importante para que o sujeito conviva em sociedade e consiga prosseguir em seu emprego, família e outros lugares passiveis do não.

Essa coluna destina-se a esclarecer e desmistificar a psicologia como área de trabalho não apenas para os ditos “loucos”, mas para mostrar que a manutenção da saúde mental ajuda no bem-estar cotidiano, proporcionando uma vida melhor e mais ativa.

Telefone para contato e mais informações: 64 9 9606-9313 e 64 9 8454-4392.
Facebook: https://www.facebook.com/psicolaris/?ref=aymt_homepage_panel

Colunista: Priscila Barbosa de Oliveira
Sócia proprietária da Psicolaris – Atendimento Domiciliar e Saúde Mental.
Psicóloga, é formada pela Universidade Federal de Goiás, CRP – 09/10213

Aviso importante:
O conteúdo exibido nesta seção (COLUNA), apresenta caráter meramente informativo. O Portal PaNoRaMa não se responsabiliza pelo conteúdo dos colunistas que assinam cada texto, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal PaNoRaMa se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins.

Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top