Novo Mundo Artigo

Ainda falta um tempo para o verão terminar, mas os fios já pedem socorro devido ao calor intenso e falta de hidratação, portanto está na hora de reabilitar e recuperar a vida dos cabelos, e para isso é preciso seguir algumas dicar para renovar os fios:

Cortar as pontas não dói

Infelizmente, no verão nem tudo são flores, pois ao mesmo tempo que o sol, mar e a piscina podem ser maravilhas do verão, também contribuem para detonar o cabelo. Um corte nas pontas (de no máximo dois dedos de largura) pode ajudar a contornar o problema e a livrar das pontas duplas.

Bastante hidratação

Pode ser em casa mesmo, uma ou duas vezes por semana, dependendo do nível de ressecamento. É recomendado se possível, intercalar uma máscara hidratante com uma reconstrutora (tais informações são encontradas no rótulo). A maneira de aplicar o creme também interfere muito no resultado final. Por isso, é importante usar a técnica que os profissionais chama de enluvamento: separando uma mecha grossa e apertando os fios de leve, deslizando a mão do comprimento em direção às pontas. É bom repetir o processo três vezes e partir para a próxima. Algumas gotinhas de óleo também turbinam o efeito da máscara.

Tratamento durante o sono

É válido apostar em tratamentos noturnos, que agem durante o sono. Há um monte deles nas perfumarias. Outra opção para uma hidratação express, é aplicar uma dose um pouco maior de óleo capilar nos fios e ir para a cama. Em ambos os casos, é bom lavar o cabelo de manhã.

Manter o loiro em ordem

Loiras sabem o pesadelo que é sair da piscina e notar um tom esverdeado no cabelo e isto acontece por conta do sulfato de cobre, utilizado no tratamento da água. É recomendado usar um xampu antirresíduo, capaz de remover a substância dos fios. Se o cabelo ficar com um tom amarelado estranho, é indicado partir para produtos com pigmentos roxos, também chamados de desamareladores. Eles neutralizam a cor e dão brilho.

Alerta para os cachos

Cachos precisam de cuidado especial. Por conta do formato do cabelo, a oleosidade natural da raiz não consegue percorrer todo o fio. O resultado: maior ressecamento. Para evitar tal fato é importante hidratar os cachos a cada três dias e invistir em produtos com vitamina E, óleo de gardênia e semente de babaçu na fórmula. É importante continuar usando leave-in diariamente.

Dispense chapinha, secador e babyliss

Aproveite o clima quente e deixe os fios secarem naturalmente. É possível dar um tom de praia amassando os fios com um beach spray.

Cabelos com química

Antes de tingir novamente ou de refazer o alisamento, o melhor é recuperar os danos primeiro. É importante repor os nutrientes com máscaras específicas para cada tipo de química. No entanto, se não tiver jeito mesmo, é válido retocar a tintura com um tonalizante (que reaviva a cor e dá brilho) e, no caso do alisamento, tentar usar a mesma técnica de antes. Dessa forma, é possível evitar qualquer incompatibilidade entre substâncias de métodos diferentes.

Investimento em tratamento profissional

A cauterização é uma ótima pedida para cabelos muito danificados, pois reconstrói os fios com uma reposição de queratina. A finalização é feita usando uma chapinha, que sela a camada superficial do fio. Outra opção é a blindagem, que dá ao cabelo uma dose de queratina (sempre ela!), proteína do trigo e extratos vegetais. Além disso, a fórmula tem um silicone que mantém os fios alinhados.

Prevenir é sempre a melhor opção

Manter o leave-in é muito importante, pois ele ajuda a selar temporariamente as escamas dos fios, o que garante brilho e menos frizz. Use diariamente. Se ele ainda tiver proteção solar, melhor.

Nayara Borges – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui