Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!
presidenta sintego site panorama - foto alex alves pn7
A presidente do SINTEGO/Jataí e professora da rede municipal, Milta Magalhães, nos afirmou que a ideia para a reunião partiu em conjunto com os demais professores do Sindicato. – Foto: Alex Alves – Site PaNoRaMa

O SINTEGO, Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás, para quem não conhece, é uma entidade que têm como função defender os direitos dos trabalhadores em educação deste Estado e lutar pela valorização da carreira do professor, realizou na tarde de ontem (25/09) uma reunião com os candidatos a deputado estadual pelo município de Jataí. Foram convidados para o evento a sua diretoria e os representantes de todas as unidades de ensino.

O evento foi realizado na sede do Sindicato e entre todos os candidatos convidados apenas dois compareceram, sendo eles Jesus Mallaveo e Eroni Toledo. O candidato Francisco Gedda enviou um representante. O objetivo da reunião foi conhecer as propostas de cada candidato, principalmente aquelas voltadas para a área de educação, de acordo com a pauta que foi proposta por esta entidade de classe.

Em entrevista à equipe do site PaNoRaMa, a presidente do SINTEGO/Jataí e professora da rede municipal, Milta Magalhães, nos afirmou que a ideia para a reunião partiu em conjunto com os demais professores do Sindicato, para firmar com os candidatos, caso sejam eleitos o compromisso de representar o povo e garantir que seus direitos e a democracia sejam realmente validados. Ainda de acordo com ela, há uma carta feita pelo SINTEGO para que os candidatos que assim desejarem possam assinar, garantindo o seu compromisso.

Milta foi questionada sobre a situação da educação em nosso estado e segundo a mesma, “a educação estadual neste governo vem enfrentando problemas muito sérios quanto à valorização do trabalhador de um modo geral, seja administrativo ou professor, que perdeu 30% da sua titularidade que foi incorporada ao vencimento para o cumprimento da lei nº 11.738, que é

Ana Kátia assegura que “o maior desencanto da educação estadual com este governo e com grande parte dos deputados estaduais". Foto: Alex Alves - Site PaNoRaMa
Ana Kátia assegura que “o maior desencanto da educação estadual com este governo e com grande parte dos deputados estaduais”. Foto: Alex Alves – Site PaNoRaMa

conhecida como a Lei do Piso. O trabalhador administrativo tem perdido a questão da valorização e busca qualificação para poder ser de fato respeitado através da progressão e este governo não fez isso”.

Segundo Ana Kátia Ferreira de Assis, professora, o Estatuto do Magistério tanto do Estado quanto do Município têm entraves, mas é bom, assim como a Constituição Federal. Ela afirma que “o maior problema desta classe não é a lei e sim o seu cumprimento, pois a situação que os professores têm passado demonstra um descaso de todos os poderes no sentido de entender que é preciso cumprir o mínimo”. Por conta disso, acaba tomando atitudes incoerentes com a pretensão de melhorias salariais e de carreira dos professores. Ana Kátia assegura que “o maior desencanto da educação estadual com este governo e com grande parte dos deputados estaduais é a falta de crença na defesa e cumprimento dos seus direitos”. Para finalizar, ela pede que haja um olhar diferente para a educação, respeitando mais os trabalhadores que lutam por um ensino de qualidade.

Rosana de Carvalho / Fotos: Alex Alves – Site PaNoRaMa

Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!
Novo Mundo AQ728x90