Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!
[vc_facebook type=”standard”]

A Universidade Federal de Goiás (UFG) aplicou neste domingo (18) as provas da primeira etapa do vestibular 2014/2. No total, segundo a assessoria de imprensa da instituição, dos 11.396 candidatos inscritos, 984 não compareceram. Ou seja, o índice de abstenção foi de 8,74%.

Este foi o último vestibular tradicional, já que a UFG aprovou a adesão total ao Sistema de Seleção Unificado (Sisu), o qual leva em conta exclusivamente as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), como única forma de ingresso. A medida começará a valer em 2015.

As provas deste domingo foram realizadas nos campi de Goiânia, Jataí e cidade de Goiás. O tempo de execução do exame foi de cinco horas. Os candidatos realizaram provas de múltipla escolha (total de 90 questões) nas disciplinas de Biologia, Física, Geografia, História, Língua Estrangeira, Língua Portuguesa, Literatura Brasileira, Matemática e Química.

De acordo com a UFG, o gabarito oficial e a relação de aprovados será divulgada no dia 29 de maio no site da instituição. As provas da segunda etapa serão realizadas nos dias 8 e 9 de junho e o resultado divulgado no dia 11 de julho.

Vagas
Ao todo, a UFG oferece 1,2 mil vagas para cursos na capital e no interior. No sistema presencial, as oportunidades estão distribuídas entre Goiânia – que também inclui Aparecida de Goiânia – (425 vagas), Jataí (30) e Goiás (50).

Além disso, existem 655 vagas para cursos de licenciatura de Educação a Distância (EaD) e 120 para o Programa de Licenciatura em Educação do Campo.

O curso mais concorrido é Medicina, em Jataí, com 164 candidatos por vaga. Logo em seguida, estão Engenharia Civil, com 31,8 e Licenciatura em Química, com 18,5 candidatos.

Processo seletivo
Este será o último vestibular tradicional da realizado pela UFG. Em reunião na tarde de sexta-feira (18), a instituição aprovou a adesão integral ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que passa a ser o único processo seletivo para os cursos de graduação da instituição.

A mudança no processo seletivo foi decidida pelo Conselho de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura (Cepec). Dos 34 membros com direito a voto, 31 foram favoráveis à adesão integral ao Sisu. A primeira aprovação foi feita pela Câmara de Graduação da UFG na última terça-feira (13). Antes da decisão, 50% das vagas eram preenchidas por meio do vestibular tradicional e o restante via Sisu.

Para o presidente do Centro de Seleção da UFG, professor Wagner Wilson Furtado, a adesão pelo sistema será benéfica tanto para a universidade quanto para os candidatos. Segundo ele, a mudança torna o acesso ao ensino superior mais “democrático”.

A quantidade de vagas ociosas que tínhamos era muito grande e, abrindo o leque, esse número irá cair. Além disso, o acesso pelo Enem é mais amplo. Para se ter ideia, em um vestibular de fim de ano, tínhamos cerca de 35 mil inscrições. No Enem do ano passado, esse número foi de 200 mil somente em Goiás. Com mais gente, podemos também selecionar melhor“, explicou.

Do G1

Gostou? Então ajude a divulgar. Compartilhe!
Anuncie 728x90

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here